Priscila

- A GRANDE PROPAGADORA DO EVANGELHO
Valdenira Nunes de Menezes Silva

"Saudai a Priscila e a Áquila, meus cooperadores em Cristo Jesus,
Os quais pela minha vida expuseram as suas cabeças; o que não só eu lhes agradeço, mas também todas as igrejas dos gentios" (Romanos 16:3-4).
Há alguns anos atrás, quando meu marido e eu tínhamos a igreja de Campina Grande se reunindo em nossa casa, o nosso pastor nos chamava de "Áquila e Priscila". Mas... quem eram estes dois personagens bíblicos que ainda não conhecíamos? Como ainda estávamos engatinhando no conhecimento da Bíblia, procuramos fazer esta descoberta que muito nos serviu para crescermos, espiritualmente, e aumentar o nosso desejo de servir a nosso Deus.

Lídia

- A PRIMEIRA CONVERTIDA DE PAULO NA EUROPA
Valdenira Nunes de Menezes Silva

"E uma certa mulher chamada Lídia... nos ouvia, e o Senhor lhe abriu o coração para que estivesse atenta ao que Paulo dizia" (Atos 16:14).

Muitas mulheres da Bíblia foram usadas pelo Senhor para que Seu plano se tornasse realidade. A Europa precisava ser evangelizada e a semente do evangelho foi lançada naquelas terras pelo apóstolo Paulo através de uma mulher forte porém de coração meigo. O seu nome era Lídia.
Foi, exatamente, em Filipos, um lugar improvável para a palavra de Deus ser semeada, que ela ouviu da boca do apóstolo as palavras do shema: "Ouve, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor. Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças" (Deuteronômio 6:4).
Podemos imaginar Paulo usando estas palavras introdutórias do seu sermão para falar do Senhor Jesus àquele povo sedento que não tinha nem mesmo lugar para adorar a Deus (as mulheres se reuniam à beira de um rio para, ali, orarem ao Pai e Lídia orava com elas).
Lídia, comerciante de grande destaque que viera da Ásia Menor, vendia, em Filipos, tecidos finos tingidos de um tom de púrpura que variava de vermelho escarlate a um púrpura escuro.
Ela não era judia mas tinha o coração aberto para conhecer este Deus que tanto fizera e fazia pelo povo judeu. Ela sabia dos milagres e do perdão contínuo a este povo que Ele chamava de Seu povo.